HOME

CONTADOR DE ÁRVORES

PROJETOS

A IDÉIA
     Como surgiu a idéia
     Idealizador


SEMEAR IDÉIAS
     Porque plantar
     Entenda o que é
     Aquecimento Global


ÁRVORES
     Histórias
     Árvores Brasileiras
     Porte de Árvores
     Biomas
     Plantio
     Mudas
     Poda


LEGISLAÇÃO

COMO COLABORAR

DONATIVOS BRASIL

DONATION RAIN
FOREST


CARTILHA ESCOLAR

CURSOS

INPEP

FALE CONOSCO

     Dúvidas
     Sugestões

GRUPO DE ONZE VERDES

NOVA DIRETORIA DA ONG

COLABORADORA
INTERNACIONAL
JORNALISTA JUNIA TURRA


MARY FONTANEZZI
COLABORA COM
EVERGREENPLANET

ASSOCIE

 
 
 

BIOMAS

  O que são?
O que a floresta amazônica tem que a mata atlântica nao tem? O que distingue um manguezal de um pantanal? Grandes ecossistemas, os biomas apresentam aspectos semelhantes de clima, tipo de solo, relevo, regime de chuvas e latitude em toda a extensao do seu território.
 


Os grandes biomas brasileiros

Floresta Amazônica

 
clique para ampliar
 

Apresenta alto grau de umidade. Chuvas contínuas e temperaturas elevadas sao condiçoes ideais para o desenvolvimento exuberante da floresta. A vegetaçao é abundante, de crescimento rápido e sempre verde. Sobre as árvores existem trepadeiras, cipós e epífitas (orquídeas, samambaias, bromélias e líquens). A maioria das árvores atinge praticamente a mesma altura, onde folhas e galhos se entrelaçam. O interior da floresta é escuro, mesmo durante o dia. Ecologicamente apresenta tres tipos de vegetaçao:

. Mata de terra firme: nao sofre a inundaçao de rios. Nessa mata estao as árvores de 30-50 metros de altura;
. Mata dos igapós: ocorre sobre solos permanentemente alagados. Suas árvores sao afastadas umas das outras;
. Mata de várzea: localiza-se sobre solos que sao periodicamente alagados nos períodos em que os rios elevam seus níveis. As árvores crescem depressa e, em alguns casos, ficam enormes, parecidas com as de terra firme.

Floresta Semidecídua

Formaçao florestal que existe em solos férteis e profundos. Tem boa capacidade de armazenamento de água e é marcada por uma estaçao seca bem definida. Quando há pouca disponibilidade de água no solo, as árvores desse bioma podem perder totalmente suas folhas. Sua estrutura e composiçao florística é muito parecida com a da Mata Atlântica de encosta.

Floresta Decidual

Está presente nos solos férteis, porém, rasos, com baixa capacidade de armazenamento de água. As plantas nesse ambiente perdem totalmente suas folhas por um longo período, enquanto nao vem as chuvas. É um bioma bem característico onde só sobrevivem espécies bem específicas, adaptadas ao longo período de seca.

  Cerrados
 
clique para ampliar
  A regiao dos cerrados ocupa 25% da superfície do Brasil. Sua vegetaçao apresenta arbustos e árvores com galhos tortuosos, caule com casca grossa. Apesar de parecer o contrário, nao há falta de água no cerrado. O que limita o desenvolvimento vegetal é o solo, arenoso e com alta taxa de alumínio.

  Caatinga
 
clique para ampliar
 
Recobre aproximadamente 15% do território brasileiro. Apresenta clima semi-árido com temperatura elevada e chuva escassa e irregular. No solo, pedregoso, raso e compacto, a água escorre violentamente e causa sérias erosoes. A vegetaçao dominante é constituída de arvoretas e arbustos que perdem suas folhas durante a seca e freqüentemente tem espinhos.

  Mata Atlântica
 

A regiao da mata atlântica ou costeira distribui-se ao longo da costa brasileira. Do Nordeste até o Rio Grande do Sul. É uma floresta bastante úmida, com vegetaçao perene, densa e com muitas espécies vegetais distintas.

A fazenda Evergreen Planet localiza-se na Mata Atlântica,em cem alqueires de mata e preservaçao de florestas e ervas medicinais.Fica a cem km de Curitiba,na regiao de Morretes no Paraná.

  Mata dos Cocais
 
clique para ampliar
 
Ocorre nos estados do Maranhao, Piauí, Mato Grosso e Goiás. É constituída, principalmente de palmeiras carnaúba e babaçu. O babaçu é usado na produçao de óleo e a carnaúba na produçao de cera.

  Mata de Araucária
 
clique para ampliar
 
Essa mata ocorre na regiao sul do país, principalmente no Paraná e em Santa Catarina. Essa regiao apresenta chuvas regulares distribuídas ao longo do ano com inverno frio e verao quente, bem definidos.

  Restingas
 
clique para ampliar
 
Planícies arenosas com vegetaçao arbóreo-arbustiva. Ocorre nas áreas planas entre as praias e o começo da serra do mar. A vegetaçao alterna entre estar submersa ou nao, de acordo com o movimento das marés.

  Pantanal
 
clique para ampliar
 
Abrange os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além de ocupar uma parte a Bolívia e do Paraguai. As chuvas nessa regiao concentram-se de outubro a março. Por ser uma regiao plana, com poucos declives, as águas do rio Paraguai transbordam inundando extensas áreas. Nas partes altas encontram-se matas nunca inundadas.

  Pampas
 
clique para ampliar
  Ocorrem no Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina. Apresenta vegetaçao herbácea, rasteira, constituída principalmente de variedades de capins da família das gramíneas. Essa vegetaçao é muito utilizada como pastagem natural para o gado.

  Manguezais
 
clique para ampliar
 
Ocupam a costa brasileira desde o Amapá até Santa Catarina. Desenvolvem-se em estuários, locais onde os rios desembocam no mar. Várias espécies de peixes, ostras, camaroes e siris reproduzem-se nos mangues.
   
  ÁRVORES DE CADA BIOMA
 

Devido a enorme diversidade de espécies nativas, apresentamos abaixo apenas algumas citaçoes.
Fonte: Flora Brasileira sao do Programa Ambiental: A Última Arca de Noé - Antônio Silveira (http://ultimaarcadenoe.com), Wikipédia.

Tipos de Biomas e respectivas árvores

Caatinga


clique para ampliar


Em termos forrageiros, apresenta espécies como o pau-ferro, a catingueira verdadeira, a catingueira rasteira, a canafístula, o mororó e o juazeiro. Entre as de potencialidade frutífera, destacam-se o umbú, o araticum, o jatobá, o murici e o licuri e, entre as espécies medicinais, encontram-se a aroeira, a braúna, o quatro-patacas, o pinhao, o velame, o marmeleiro , o angico, o sabiá, o jericó, entre outras.

Cerrado


clique para ampliar


É constituído pelo conjunto de formaçoes vegetais de aspectos e fisionomia variáveis, principalmente de árvores baixas e retorcidas que se misturam a um exuberante estrato herbáceo rasteiro, apresentando entre sua flora: Arnica; Aroeira-vermelha; Benjoeiro; Buriti; Candeia; Canela-de-ema; Capitao; Capororoca; Caroba-de-flor-verde; Craibeira; Dedaleiro; Embiruçu; Fruta-de-ema; Guatambu; Imbiru; Ipe-branco-do-brejo; Lixeira; Louro-pardo; Marmeleiro-do-campo;Pessego-do-mato; Pimenta-de-macaco; Piqui e Tingui.

Mata Atlântica
Floresta Atlântica

O conjunto vegetal que compoe a Mata Atlântica é muito complexo, principalmente onde predomina a floresta pluvial tropical de encosta, conhecida como Mata Atlântica propriamente dita. A mata atlântica constitui-se das seguintes formaçoes:

a) Mata Atlântica ou Mata de Encosta (Floresta Ombrófila Densa)
b) Mata de Interior (Floresta Estacional Semidecidual)
c) Mata de Araucária (Floresta Ombrófila Mista)

Destacam-se na Mata Atlântica:

O pau-brasil,


clique para ampliar

O jequitibá,


clique para ampliar

As quaresmeiras,


clique para ampliar

O jacarandá,


clique para ampliar

O jambo,


clique para ampliar

O jambolao,


clique para ampliar

O xaxim que corre risco de extinçao, 


clique para ampliar

O palmito,


clique para ampliar

A paineira,


clique para ampliar

A figueira,


clique para ampliar

A caviúna


clique para ampliar

O angico,


clique para ampliar

A maçaranduba,


clique para ampliar

O ipe-rosa,


clique para ampliar

O jatobá,


clique para ampliar

A imbaúba,


clique para ampliar

O murici,


clique para ampliar

A canela-amarela, flores


clique para ampliar

Araucárias, o pinheiro-do-paraná,


clique para ampliar

A Floresta de Araucária nao abriga apenas a sua espécie típica, mas muitas outras que formam comunidades interativas e diferenciadas em florística, estrutura e organizaçao ecológica. Existe muita riqueza na floresta de araucária. Ali a biodiversidade atinge níveis elevados, apesar de sua aparente simplicidade estrutural. Predomina o pinheiro do Paraná ou araucária. Ela abriga uma das poucas coníferas de ocorrencia subtropical no hemisfério sul do continente americano: a araucária brasileira, conhecida como pinheiro-brasileiro ou Pinheiro-do-Paraná. Por sua beleza e singularidade, a araucária tem atraído a atençao de muitos estudiosos.

   
  Início
 
 
 
evergreenplanet © 2009 Desenvolvimento: E2SI